segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Como montar um look curinga e arrasar no Reveillon


Fotos/ Divulgação

O final do ano chegou e junto com ele vem o desejo de adquirir peças novas para começar o ano com o pé direito e arrasar no Reveillon. De acordo com a consultora de moda, Cristiane Melo, na hora de ir às compras é importante o consumo consciente e o respeito ao estilo pessoal. Em tempo de crise econômica adquirir uma peça de difícil composição com outras que você tenha no armário e com um estilo que não é o seu, só porque está moda, não é a melhor postura de uma consumidora inteligente.

Foto/ Divulgação



Cris Melo/ Foto Fábio Castor
De acordo com Cristiane Melo, a valorização do biotipo sempre deve ser um item indispensável na hora das compras. " Se a pessoa é muito magra, deve evitar roupas muito justas e se tem um quadril muito largo, pode investir num decote mais ousado e desviar a atenção para a região do busto. A saia evasê é amiga das mulheres por que marca a cintura, deixando-a fininha e desenhando o corpo", salienta.

Foto/ Divulgação

Uma dica preciosa antes de escolher o look das festas de final de ano é apostar numa peça que esteja necessitando e que vá criar várias possibilidades com as que ela já tem no guarda roupa. "Vestidos e saias longas estampadas estão em alta e combinam com sandálias rasteiras bem trabalhadas com bordados ou pedrarias. As peças florais e em tom pastel são tendência para o verão, além de deixarem o visual descontraído e leve", ressalta a consultora de moda.

Foto/ Divulgação

Cristiane Melo aposta nos vestidos e macacões curtos e longos que são as melhores alternativas para as temperaturas do verão. O short em jeans com uma blusa com brilho ou na cor branca é um dos looks mais procurados para quem vai passar a noite da virada na praia ou num evento mais despojado. "Como todo final de ano sugere, a cor branca é a mais procurada, devido a tradição, já se tornou um clássico e uma ótima opção para o verão já que transita com desenvoltura em eventos diurnos ou noturnos e ainda valoriza o bronzeado. É uma peça curinga no guarda roupa feminino ", salienta. De acordo com a consultora de moda, a cor usada na festa da virada deve ser aquela que a pessoa se sinta bem, afinal de contas, depois deste evento, muitos outros virão e a gente não pode se dá o luxo de ter uma peça encalhada no fundo do armário.

Foto/ Divulgação


SERVIÇO:

By Cris 

Rua Coronel Benedito Chaves,182, Boa Viagem, Recife, PE.

Telefone: 81. 9 9757.6911

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Casa de Bule: cozinha regional e internacional em ambiente aconchegante


Foto/ Fábio Castor



Com uma decoração simples e aconchegante, assinada pela arquiteta Dani Figueiroa e com peças centenárias garimpadas na família da proprietária Michelle Melo, a Casa de Bule consegue acolher seus clientes e criar neles, a sensação de estarem em suas próprias casas. Em apenas cinco meses de funcionamento, o cardápio diversificado, assinado pelo chef Davi Barros, que harmoniza as culinárias regional e internacional assim como a comida preparada pela nossa mãe ou avó, conquista pelo estômago inúmeros clientes fiéis.

E a Casa de Bule não é só expert no quesito cafés, chás e lanches da tarde, como num primeiro momento, o nome pode sugerir, o espaço charmoso possui inúmeras opções para o almoço e o jantar. O almoço executivo à la carte oferece inúmeras opções exclusivas como a Mistura de Carne Seca ao Bule que é uma gratam de feijão servido sob uma cama de legumes com charque: o Camarão a Nova Deli, que vem com uma geléia de gengibre: o Filé de Peixe a Porto Mix; servido com um delicioso ratatouille e pirão e o File ao Bule que tem como ingrediente principal do molho, o café arábico da variedade Bourbon amarelo produzido no Sul de Minas Gerais que acentua o sabor dos cereais e avelã.
CASA DE BULE - Cestinhas de parmesão com frutos do mar - Foto Fábio Castor



Outras opções do cardápio são o Camarão a Roquefort; Carne de Sol à Rui Barbosa; Saladas Nordestina e Boa Viagem; Penne ao Molho de Camarão; File de Peixe à Tradição, entre outras. No quesito sobremesas podemos destacar o Petit Gateau, assinado pelo chef da casa, além de Roll de Chocolate e Gelatto de Avelã, Sorvete de Coco com calda de gengibre e o crepe doce com recheio de sorvete de bolo de rolo. “ Nosso cardápio executivo foi elaborado de forma minuciosa com preços super acessíveis. São 7 opções de aves, 10 tipos de opções de carne, 8 tipos de massas, 9 de frutos do mar e 13 opções de saladas. Os preços variam de 15,90 a R$ 24,90”, salienta Michelle Melo.

O cardápio de jantar da casa é servido a partir das 18h e disponibiliza como entradas cestinhas feitas de parmesão recheada de frutos do mar, brusquetas de salmão com salsa e as panelinhas gratinadas de moelinha, camarão e bacalhau. Um dos destaques são os consumês que são servidos dentro do pão italiano e custam em R$ 15,90. As opções são camarão, batata com alho poró, charque com abóbora, caldo verde e frango com creme de milho. O cardápio da cafeteria também é bem diversificado. Crepes doces e salgados, omeletes, empadas e tapiocas que acompanham uma mini salada do chef, sanduíches como o nordestino, uma combinação da charque com cebola caramelizada e queijo coalho, tortas, bolos regionais e pastéis de Belém são algumas das opções. Quando o assunto é café a casa oferece 7 tipos. Os mais pedidos são o Café Gourmet; o Café Atento que é um blend proveniente do Cerrado Mineiro, Sul de Minas e Espírito Santo, com notas intensas de caramelo e leve sabor frutado e o Café Ameno Blend composto de café arábico da variedade Bourbon Amarelo produzido no Sul de Minas, uma bebida adocicada que acentua os sabores de avelã e cereais.

CASA DE BULE - Carne seca ao Bule (Gratan de Feijão) - Foto Fábio Castor


Na opção de chás, a Casa de Bule oferece a bebida nas versões quente e gelada e harmonizados com essências italianas de hibisco, romã, limão siciliano, morrito, maça verde e frutas vermelhas. “O nosso cliente pode optar e fazer sua própria harmonização, tendo assim diversas sensações ao degustar os nossos chás”, diz Michelle Melo.

CASA DE BULE - Vinhos - Foto Fábio Castor




A Casa de Bule além de movimentar promoções como o cartão fidelidade que, a cada 10 almoços na casa, o 11º é grátis e a apresentação de folheto que dá direito a um café expresso ou uma bola de sorvete, estará recebendo encomendas para a ceia de Natal e Reveillon, com 10 dias de antecedência. A casa também está com pacotes promocionais para reservas para realização de eventos de final de ano. A Casa de Bule funciona de domingo a domingo, das 10h30 às 22h.


SERVIÇO:
Casa de Bule ( Restaurante e Cafeteria)
Rua Coronel Benedito Chaves, 182, Boa Viagem
Horário de funcionamento: 10h30 às 22h

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Colégio Americano Batista implanta o programa da Escola da Inteligência criada por Augusto Cury

Augusto Cury tem percorrido o país na implantação da Escola da Inteligência em instituições de ensino/Foto divulgação 



O Colégio Americano Batista (CAB), com 110 anos de história, entra 2017 com uma nova disciplina em sua grade curricular: a Escola da Inteligência, programa educacional elaborado pelo escritor e professor Augusto Cury que objetiva desenvolver a educação socioemocional no ambiente escolar. A metodologia é fundamentada na Teoria da Inteligência Multifocal e promove, por meio da educação das emoções e da inteligência, a melhoria dos índices de aprendizagem, redução da indisciplina, aprimoramento das relações interpessoais e o aumento da participação familiar na formação integral dos alunos. O programa já está em fase de implantação no CAB e será lançando, em evento que reunirá representante do Grupo Educacional Augusto Cury. 

Americano Batista/Fotos Amarildo Tavares

Depois de implantado, o programa Escola da Inteligência será aplicado em 1 hora/aula por semana, dentro da grade curricular, como uma nova disciplina ou dentro de uma disciplina já existente. De acordo com os responsáveis pelo Grupo Educacional Augusto Cury, todos os envolvidos - professores, alunos e familiares – são beneficiados com mais qualidade de vida e bem-estar psíquico. Atualmente, o Programa atende diretamente mais de 200 mil alunos em escolas de todo Brasil e anualmente, cada aluno participante do Programa recebe um certificado nacional e internacional que pode ser utilizado no seu desenvolvimento acadêmico e futuramente profissional.

"A implantação da Escola da Inteligência vai ser de grande importância para a nossa instituição porque vai nos ajudar a cumprir nossa tarefa de ensinar e de levar melhores condições de vida para jovens e crianças através de uma aprendizagem inovadora que direciona eles a pensarem sobre o futuro", afirma o pastor Joel Bezerra, diretor do Colégio Americano Batista que espera tornar o CAB como ponto de difusão do programa para as outras instituições de ensino no Estado.

O programa é composto de produtos e serviços, incluindo um kit específico de material gráfico para alunos, pais e professores, que ajuda a potencializar a aprendizagem de forma significativa. Os professores recebem material com informações específicas sobre os objetivos de cada lição, aula e atividade do material a ser trabalhado com os alunos, além de explicações práticas sobre a teoria da Inteligência Multifocal. Já os materiais dos alunos são impressos com ilustrações modernas, diagramação atrativa e ajustados metodologicamente a cada faixa etária para auxiliar no desenvolvimento dos aspectos emocionais, cognitivos e sociais. Os pais, por sua vez, recebem livro com conteúdo voltado à análise da realidade atual da juventude, oferecendo ferramentas que ajudam no preparo do crescimento emocional dos filhos e a enfrentar adversidades da vida moderna.


Augusto Cury/Foto divulgação
Sobre Augusto Cury - Escritor, psiquiatra e pesquisador, é autor de 39 obras de psicologia aplicada. Publicado em 70 países, foi considerado o escritor mais lido da década, com mais de 24 milhões de livros vendidos. É autor da Teoria da Inteligência Multifocal, que é objeto de mestrado e doutorado internacional. Augusto Cury é o idealizador do Programa Escola da Inteligência e renunciou os seus direitos autorais/patrimoniais para democratizar o acesso ao Programa e atender, gratuitamente, crianças e jovens em situação de risco social.


GEAC - O Grupo Educacional Augusto Cury é formado por empresas que visam o desenvolvimento da inteligência e das habilidades socioemocionais para uma vida mais saudável e feliz. Ele promove a qualidade de vida, por meio de cursos presenciais e online, palestras, workshops, capacitações e treinamentos corporativos, franquias educacionais e programas educacionais em formato de convênios com escolas privadas e públicas e centro de estudos e pesquisas. A atuação do Grupo Educacional Augusto Cury abrange metodologias específicas, fundamentadas na teoria da Inteligência Multifocal de autoria do Dr. Augusto Cury, para crianças, adolescentes, adultos e empresas, com resultados eficientes e comprovados. As empresas que formam o grupo são: Escola da Inteligência, Menthes, Gênios Programas Educacionais e Instituto Augusto Cury.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Sabra Cachaçaria lança cestas como opções de presentes

Cestas Sabra Cachaçaria- Foto Wilderson Pimentel 


Uma cesta com itens diversificados é sempre uma boa opção de presente em datas especiais, sobretudo quando se trata do Natal e Reveillon. Pensando nisso, a Sabra Cachaçaria, em Porto de Galinhas, lança opções de cestas para o final de ano e com produtos da terra como queijos, castanhas, mel, biscoitos artesanais, bolo de rolo, vinhos, pimentas, passas, doce de leite, rapaduras, entre outros e, é claro, variedades de rótulos de cachaças, bebida que hoje ostenta seu valor como Patrimônio Cultural e Imaterial e ocupa o segundo lugar no ranking de bebida alcoólica mais consumida no país. 

Além disso, os empresários Geri Pereira e Nafis Moura, que comandam a Sabra Cachaçaria idealizaram alguns produtos exclusivos à base de cachaça como biscoitos, sequilhos, bolo de rolo de cachaça e licores de banana, café e chocolate. Os preços das cestas variam de R$ 99,00 a R$149,00. E quem optar por pagar à vista e montar sua própria cesta, ganha 10% de desconto.

Sabra Cachaçaria (Porto de Galinhas) - Foto Márcia Santos 

Atualmente, a Sabra Cachaçaria conta com 150 rótulos de cachaças produzidas em Pernambuco e, em outros estados, a exemplo de Minas Gerais. Entre os nomes da bebida que chamam a atenção, estão as exclusivas Pinga Gay, Cura Viado, Amansa Sogra, Sara Gaia e os licores, todos com a marca Sabra. 

Sabra Cachaçaria (Porto de Galinhas) - Foto Márcia Santos (17)

Além das cachaças tradicionais, exclusivas e com nomes jocosos, a bebida aparece nas versões com frutas como manga, banana, goiaba, caju e abacaxi. Outra opção encontrada e produzida pela Sabra é a cachaça de cana de açúcar, onde os gomos da cana são engarrafados com cachaça de alambique. "Além de sempre colocarmos produtos em promoção estamos apostando no lançamento das cestas para agradar a todos os gostos e bolsos e para servirem como opções de presente de final de ano", confidencia Geri, que espera aquecer em 30% as vendas da cachaçaria neste final de ano. 



SERVIÇO:
Sabra Cachaçaria

- Rua das Piscinas Naturais
Galeria Htur, loja 3 – (Porto de Galinhas)
Telefone: 81. 3552.3521

- Rua Beijupirá (Porto de Galinhas)
Telefone: 81. 3552.1039

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Alunos do Colégio Americano Batista lançam livro ​na 34ª Noite da Literaprosia​ ​que acontece no auditório da Fafire

Evento gratuito e aberto ao público chega a sua 34ª edição apresentando trabalhos artísticos autorais dos alunos/Foto Divulgação

A arte e a literatura como forma de aprendizado. Tendo como foco esses pilares, o Colégio Americano Batista, com 110 anos de história, realiza na próxima sexta-feira (11), a partir das 18h, no auditório da Fafire, a 34ª Noite da Literaprosia. 



No evento gratuito e aberto ao público, além de apresentações artísticas protagonizadas pelos alunos, haverá o lançamento do livro: Em verso e Prosa, Literaprosia. A publicação com 100 páginas, possui 13 depoimentos de ex - alunos, entre eles, o do jornalista Francisco José, e a participação de 43 alunos da instituição. O livro é uma publicação independente e será vendido ao preço de R$ 20,00. A abertura da noite será feita pelo Conjunto de Cordas do Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil (STBNB) e haverá também apresentações protagonizadas pelos alunos nas áreas teatrais, de poesia, prosa e música.

Segundo a coordenadora pedagógica do CAB, Iracy Leite, mais que um evento artístico, a Literaprosia é uma oportunidade para os alunos apresentarem suas próprias criações literárias. O evento finaliza todas as ações de estimulo à leitura e à produção textual realizadas durante o ano. "Além de estimular o aluno a ler e escrever, a atividade contribui para o desenvolvimento de aspectos como expressão, relacionamento em grupo, liderança, cooperação, criatividade, percepção, coordenação, memorização, vocabulários, dentre outros", salienta.

Foto Divulgação

De acordo com o diretor do CAB, pastor Joel Bezerra, para a Literaprosia os alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental escolhem um dos livros lidos durante o ano para representá-lo no palco. "Literalmente, os contos saem dos livros e ganham vida através do olhar das crianças. Junto com as professoras, os estudantes recontam as histórias, apresentam os personagens e colocam suas próprias impressões na narrativa", destaca.

Foto/Divulgação

Já os alunos do 6º ao 9º do fundamental juntam-se ao ensino médio para a Noite da Literaprosia. Na oportunidade, os estudantes esbanjam talento e criatividade e surpreendem o público com poesias, prosas, crônicas e peças teatrais autorais ou adaptações de artistas pernambucanos. Uma comissão julgadora, formada por artistas locais, premia os destaques da noite e apresenta os melhores textos produzidos. As apresentações arrancaram aplausos calorosos da plateia. Sem dúvida, um evento imperdível!


SERVIÇO:
​34ª Noite da Literaprosia
Data: Sexta-feira (11/11)
Hora: a partir das 18h
Local: Auditório da FAFIRE
Tema: Literaprosia, CAB 110 anos de futuro.
Informações:81 | 2122-5554

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Ferro Velho Botequim abre as portas no Parnamirim

Bar e restaurante Ferro Velho/Foto Léo Motta

O bar e restaurante Ferro Velho Botequim, comandado pelos empresários Rodrigo França, Bruno Suassuna e Marcela Salgado, abre suas portas, no Parnamirim, Zona Norte do Recife, com a proposta de oferecer boa comida e entretenimento num só lugar. Com espaço aconchegante, iluminação intimista e música ambiente a casa é dividida em dois andares e oferece ambientes climatizados e mesas na varanda para quem prefere sentar ao ar livre. O destaque do cardápio são os grelhados com cortes de carnes para churrascos e petiscos.

A decoração da casa faz jus ao nome e remete ao cenário de um antigo ferro velho, com objetos inusitados espalhados por toda parte, mas em perfeita sintonia com cada espaço proporcionando um ambiente aconchegante, simples, mas com um toque de sofisticação. Indicado para happy hour, eventos fechados ou até mesmo um esquenta, o Ferro Velho Botequim aposta na diversidade de chopps, cervejas, drinques e uma variada carta de vinhos, nacionais e importados. 


Foto/Léo Motta
Entre os pratos de destaques estão a picanha argentina (400g) em crosta de alho crocante, servida com farofa de banana, vinagrete e palha de batata doce (R$ 49,90). Tem ainda o churrasco de linguiça de frango e provolone (250g), servido com farofa dourada, vinagrete agridoce e pimentões confitados. A toscana de cordeiro (250g) é servida com farofa de banana e vinagrete de pimentões coloridos. Já o prime suíno (300g) na geleia de abacaxi com pimenta é servido na chapa e acompanha farofa de banana e vinagrete. Outra sugestão é picanha suína na chapa, servida com farofa de abacaxi e vinagrete picante. Todas as carnes vêm acompanhadas de uma farofa especial e de um tipo de molho vinagrete. 

O cardápio também contempla os amantes de molhos com porções específicas: molho serenado (bacon, mostarda, ameixa e creme de leite –; molho francês (vinho branco, cebola, alecrim, pimenta e queijo); molho curaçau (queijo picante, queijo parmesão, curaçau blue); Molho de queijo temperado (requeijão, páprica picante, picles, creme de leite e azeitonas picadas), entre outros. Além disso, a casa também oferece um delicioso cardápio de sobremesas: petit gateau, brownie, sorvetes e picolés da Fri Sabor.

Mas antes de pedir os carros-chefe, não deixe de experimentar as entradas, que podem ser: camarão ao alho e óleo e o camarão empanado (150g) ferro velho, servido com tomate, creme de queijo e molho teryake; filé milanês ao pomodoro (250g), que são deliciosos cubos de filé à milanesa, gratinado no queijo mussarela, ao molho pomodoro e fritas; tem ainda a sugestão do bolinho de paella e camarão, servidos com geleia de pimenta Carpaccio de carne filé com fritas; queijo à milanesa kibes e caldinhos de frutos do mar, camarão e feijoada ,entre outros. Os pratos e bebidas da casa variam de R$ 5,50 a R$ 49,90.

E como todo bom churrasco, não podem faltar os drinks para completar. Entre as opções tem o tropicana (cachaça, limão tahiti, limão siciliano, gengibre, açúcar mascavo); mojito tradicional (rum, limão, hortelã, soda limonada); caipifrutas ferro velho (cajá, abacaxi com hortelã, maracujá, morango e kiwi) ou caipi ferro velho (abacaxi, uva, hortelã e pimenta rosa); clericot (espumante, licor de laranja, soda limonada, hortelã e frutas tropicais); além dos digestivos: frangelico. Drambui e Peache tree. Os drinques variam de R$ 6,90 a R$ 45,90. Entre as opções de cervejas e chopps estão a Stella Artois, Skol, Heineken, Bhoemia, Cristal, Sol Premium e Chopp Amstel, que variam a partir de R$ 6,90. Para quem prefere destilados, o bar oferece diversas opções de caipirinhas, que variam de R$ 6,90 a R$ 15,90. O Ferro Velho Botequim funciona de terça a quinta, das 17h à 00h, das sextas, das 16h à 02h. E abre para almoço aos sábados e domingos das 12h às 16h .Segunda –feira é fechado.



SERVIÇO:
FERRO VELHO BOTEQUIM
Horário de funcionamento:
– Terça a sexta-feira: 18h as 02h
– Sábados e domingos: 12h as 16h 
Endereço: Rua Sebastião Alves, 273 - Parnamirim.
Informações: 81 | 3204.0598

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Bypass e Sleeve: métodos mais utilizados na cirurgia da obesidadeW

Walter França/Foto divulgação


A obesidade é um grave problema de saúde mundial. A cada ano cresce o percentual de obesos e esse problema na maioria das vezes é ocasionado pela ocidentalização no modo de se alimentar, a revolução tecnológica que torna tudo automático e o sedentarismo ocasionado pela falta de tempo para se exercitar. Justificativas a parte, o excesso de peso traz consigo várias doenças que comprometem a saúde e a realização de atividades corriqueiras do dia a dia. De acordo com o cirurgião bariátrico Walter França os quilos a mais não interferem apenas na autoestima dos pacientes mas, colaboram para desencadear várias doenças como problemas cardiovasculares, câncer, depressão, hérnias, diabetes II, dermatites e dislipidemia(alteração do colesterol). Apnéia do sono, incontinência urinária ,disfunções hormonais e erétil nos homens, doenças articulares e do refluxo, entre outros problemas, acometem que está bem acima do peso.

De acordo com o profissional, que tem mais de 3 mil cirurgias no currículo, os procedimentos mais utilizados atualmente na área de cirurgia bariátrica são o Bypass intestinal  e o Sleeve.  No Sleeve ou Gastrectomia Vertical, o estômago do paciente é grampeado em forma de tubo que vai do esôfago ao duodeno. Assim se reduz o estômago em até 80% do seu tamanho. O novo órgão fica com 150 ml a 250 ml e com forma parecida com um tubo gástrico." Nessa redução se retira parte do fundo gástrico, região que produz o hormônio grelina, responsável pela sensação de fome. Após a cirurgia, o apetite diminui. Esse procedimento é indicado para paciente com obesidade 3 e mórbida principalmente o que possuem problemas intestinais ou quadro de anemia importante", enfatiza.

Outro método bastante utilizado atualmente é o Bypass intestinal de Forbi Capella.  Nessa intervenção cirúrgica a um desvio do intestino delgado fazendo com que o paciente absorva menos gordura do que antes. Todo o intestino continua funcionando normalmente e a absorção de vitaminas e minerais permanece a mesma. "A média de perda de peso do paciente  que se submete ao Bypass, oscila entre 40%, mas pode variar entre 25% e  55%", relata a profissional.

Segundo Walter França, hoje já é possível operar um paciente com índice de massa corpórea (IMC) partir de 30, com doenças correlatas e, como qualquer outra cirurgia, a bariátrica tem riscos, mas as doenças relacionadas ao excesso de peso, matam muito mais. " O risco de óbito numa cirurgia bariátrica é de 0,3, já a obesidade mata 10 vezes mais", relata o profissional.

SERVIÇO:

Cirurgião Bariátrico Walter França
Fone: (81) 3131 7887 / 3423-9272 / 3424-9796

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Jan Souza arrasa em desfile no Salão de noivas Wedding Day

Fotos/ Classe A Agency


Exuberante a coleção apresentada no Salão de Noivas Wedding Day pelo estilista Jan Souza, na noite deste sábado (27), no Hotel Grand Mercure Recife Atlante Plaza, em Boa Viagem. Simplicidade, sofisticação e leveza deram o tom da coleção Casando pelo Mundo criada, exclusivamente,  pelo fashion design para a feira. O branco e o off White predominaram assim como as rendas e a seda pura que conferiram fluidez, romantismo e feminilidade as peças.

A inspiração para a coleção de Jan Souza foram os casamentos na praia em diferentes países do mundo como Saint Bart (Caribe), Lanikai Beach (Havai), Hamptons (Nova York/EUA), Grécia, entre outros. Uma kafta em seda pura e renda além de um vestido com inspiração grega com a parte superior bordada em pérolas e a saia fluída em seda chamaram a atenção.



A originalidade e a criatividade, além do cuidado com o acabamento e bordados das peças, foi um dos pontos altos da coleção. Um dos vestidos teve o tecido confeccionado por bicos de algodão costurados um a um para montar a peça. Outro vestido em viés de cetim por todo corpo e detalhe em renda na parte superior, foi um dos destaques. Uma das peças mais delicadas da coleção teve como matéria prima o filó de algodão com a renda francesa.



Os vestidos, em sua maioria, tiveram como pontos altos as transparências, rendas, decotes e fluidez e ratificaram a máxima de que o menos sempre é mais. Os acessórios de cabeça e as sandálias das noivas, também foram assinados por Jan Souza e primaram pela delicadeza da renda e o romantismo das flores com uma pitada de ousadia e arrojo. Os buquês foram da Ludovic.